LUMINA Festival de Luz invade Cascais!

Entre 13 a 15 de Setembro, a mágica combinação da luz com o mar deu o mote à 2ª edição do LUMINA Festival da Luz, transformando o centro histórico e a baía de Cascais numa experiência cultural inovadora, de entada livre e para todas as idades.

Ao longo de três noites mágicas, mais de 20 artistas nacionais e internacionais surpreenderam com grandiosos espectáculos de luz e cor, video mapping, efeitos 3D, graffitis de luz, projecções multimédia gigantes, esculturas luminosas e instalações artísticas que interagiram com o público numa experiência única no seu género em Portugal.

Aos artistas que aqui trazem as mais criativas e artísticas iluminações de espaços públicos não passou desapercebido o facto de a inauguração da iluminação pública eléctrica em Portugal ter ocorrido a 28 de Setembro de 1878 em Cascais, por ocasião das festas de aniversário do príncipe D. Carlos. 
Cascais foi também pioneira como terra de Faróis e as suas Luzes contribuíram para o sucesso dos Descobrimentos Portugueses. Hoje a Luz destes Faróis lembra-nos a ligação de Cascais com o Mar, inspirando grande parte das instalações artísticas, espectáculos participativos, conferências e conversas com artistas.

Nuvens que vêm do mar invadem a vila… desenhos de crianças de Cascais e de três países europeus mostram a sua visão pessoal sobre o Mar, fachadas impessoais ganham vida… são inumeras as peças que dão voz às pessoas, deixando-as refletir sobre o espaço público, e que em tom lúdico nos fazem questionar o nosso modo de viver. São vários os artistas que buscam a colaboração e o envolvimento com a comunidade de Cascais e com o público em geral através da interacção em locais específicos em que todos serão convidados a participar, desde os mais miúdos aos graúdos.

A utilização de novas tecnologias que visam alcançar uma maior eficiência energética torna o LUMINA num evento inovador, tendo a seleção das obras em conta a sua eficiência energética na relação energia gasta vs público alcançado. Este é um um bom exemplo de como canalisar a energia da iluminação pública para fins, culturais, sociais e educativos.

O LUMINA integra uma rede internacional de Festivais de Luz em todo o Mundo com parcerias na Austrália, Singapura, Israel, Rússia, Alemanha, França, Holanda, Eslovénia, Polónia (entre outros) o que garante uma programação internacional de excelência, inclusivé apresentando obras  comissariadas especialmente para o festival.
Acresce que os fundadores do LUMINA são a dupla de artistas Nuno Maya e Carole Purnelle, responsáveis pelo atelier OCUBO.com, referência internacional nas áreas de video mapping e projecções interactivas, com projectos realizados no mundo inteiro.

Com o objectivo de partilhar a Luz e permitir ao público apropriar-se do espaço urbano de uma forma criativa, Nuno Maya e Carole Purnelle não deixam lugar para dúvidas de que o Lumina vai ser para todos uma experiência inolvidável!

 

 

Making of LUMINA 2013:

NLW
Nelson Leão Webdesign